Criolipólise o que é?

A Criolipólise é a mais nova sensação em estética, é um tratamento para acabar com as gorduras localizadas através de baixas temperaturas.

É sabido que todos nós possuímos gordurinhas, alguns mais e outros menos. Mas o problema não é ter gordura e sim ter em grandes quantidades e, principalmente em lugares indesejados como barriga, bumbum, rosto, coxas e alguns mais.

Criolipólise

Mas graças ao avanço da ciência, hoje em dia já existem diversos tratamentos para acabar com os pneuzinhos indesejados. Um dos tratamentos que está em alta é a criolipólise, que foi desenvolvido em Harvard, Estados Unidos. Esse tratamento tem um diferencial perante os outros que eliminam gordurinhas com eficácia, não é um procedimento cirúrgico e está fazendo tanto sucesso quanto a lipoaspiração ou até mais.

A Criolipólise consiste em um tratamento para acabar com as gorduras localizadas através de baixas temperaturas. As células serão congeladas pelo aparelho que chegam a temperaturas negativas, até serem destruídas. As células de gorduras chamadas de adipócitos, quando em contato com as temperaturas baixas se rompem, assim o organismo entende que elas não fazem mais parte do corpo e acabam expelindo as mesmas naturalmente.

Como é o tratamento?

O dermatologista especializado vai realizar o procedimento com ajuda de um aparelho específico para o tratamento, esse aparelho se ajusta perfeitamente a cada parte do corpo, uma vez que são feitos diferentes aparelhos para cada região. Para barriga por exemplo, os aparelhos são maiores, para as costas e pneuzinhos laterais utiliza-se uma ponta menor.

Criolipólise2

O procedimento começa por colocar no local a ser tratado uma manta umedecida, para proteger a pele. Então a máquina vai realizar uma sucção a vácuo da pele e das gorduras localizadas, assim a porção sugada será congelada por cerca de uma hora a temperaturas extremamente baixas de -5°C a -10°C, mas tudo rigorosamente controlado. Como a gordura é mais sensível ao frio o tratamento vai surtir efeito somente nas células adiposas, não causando nenhum dano aos órgãos, nervos e músculos da região.

Na sequência o sistema imunológico começa a trabalhar, eles vão eliminar as gordurinhas quebradas pelo sistema linfático. As gorduras serão guiadas até o fígado, onde serão metabolizadas.

Criolipólise causa queimadura?

A criolipólise pode causar queimaduras sim, além de outras complicações, mas segundo especialistas somente quando for aplicada por pessoas não qualificadas para tal tarefa e quando realizadas por equipamentos não certificados.

Queimadura em criolipólise

Antes de passar pelo procedimento, é preciso passar por uma rigorosa avaliação médica, quando feito, os efeitos colaterais são mínimos. A criolipólise não é indicada para pessoas com sensibilidade ao frio, pessoas recém operadas, mulheres grávidas, com infeções na pele e hernia no local da aplicação.

Raramente pode acontecer, mas o paciente pode sofrer dor persistente depois de uma semana do tratamento, nesse caso o médico irá receitar analgésicos. Outro efeito adverso é o aumento da gordura localizada, apesar de ser ainda mais raro, já foi relatado.

Vale lembrar também que o tratamento com a criolipólise não é recomendado para quem deseja emagrecer, pois esse se encarrega apenas de eliminar as gorduras localizadas.

Confira uma sessão de Criolipólise no vídeo abaixo:

Publicado por Bianca Fernandes
Revisado em 20/10/2015

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar